Dividendos

Escrito por : <b>Hirbis Girolli</b>

Escrito por : Hirbis Girolli

Você já deve ter ouvido falar de empresas que pagam dividendos aos investidores, certo? 

Mas sabe do que se trata esse tipo de remuneração?

Os dividendos nada mais são do que a repartição de parte do lucro de uma companhia para seus acionistas. 

Essa é uma maneira encontrada pelas organizações para atrair novas pessoas interessadas em investir.

Então, se você quer conhecer detalhes sobre este tipo de remuneração de renda variável, acompanhe com a gente. 

Por aqui, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre dividendos de maneira objetiva e simples.

E não deixe de ver: no final do texto, sempre respondemos algumas das perguntas mais importantes sobre cada termo do Dicionário Finantor.

O que são dividendos?

Quando uma grande empresa decide fazer investimentos grandiosos, ela precisa de uma volumosa quantia para financiar as operações.

Nem sempre essas companhias têm dinheiro em caixa – ou, mesmo que tenham, algumas preferem não mexer na conta para este fim.

Dessa forma, as sociedades anônimas de capital aberto (S/A) vendem ações na bolsa de valores a fim de captar recursos de investidores. 

Ou seja, os indivíduos compram os papéis e se tornam acionistas dessa S/A, passando a financiar as suas operações.

Como troca pelo investimento, as companhias podem remunerar os investidores com os dividendos – valores que resultam da divisão de lucros. 

Assim, a empresa distribui uma parcela do seu lucro líquido entre os sócios acionistas, o que ocorre periodicamente (a cada três ou seis meses, por exemplo).

Como funcionam os dividendos?

A Lei Federal nº 6.404 normatiza o funcionamento das sociedades por ações.

De acordo com essa legislação, as organizações que vendem suas ações devem distribuir na forma de dividendos pelo menos 25% do lucro líquido apurado no período em questão.

O percentual exato a ser distribuído, no entanto, varia de companhia para companhia, sempre respeitando as regras de valor mínimo. 

A quantia que será repartida entre os acionistas é determinada pela própria S/A.

O valor, inclusive, pode mudar de período a período. 

Por isso, o acionista precisa ficar atento quanto aos informes da empresa de onde ele é investidor.

Dúvidas importantes sobre dividendos

Ainda com dúvidas sobre o tema? Não se preocupe! 

Afinal, o assunto sobre dividendos pode ser um pouco complexo mesmo.

Por isso, selecionamos as principais perguntas e respostas sobre a distribuição do lucro das companhias de capital aberto para que você possa conhecer outros detalhes sobre os dividendos.

Quais são os tipos de dividendos?

A companhia pode pagar os dividendos de diferentes maneiras. 

Assim, a S/A tem a possibilidade de remunerar seus acionistas com:

  • Dinheiro
  • Ações
  • Dividendo especial

A distribuição é proporcional ao volume de ativos que o acionista tem. 

Então, quanto mais papéis ele possuir, maiores serão os seus dividendos.

Como eu sei quando vou receber dividendos?

Cada companhia vai determinar seu próprio calendário de pagamento dos lucros aos acionistas. 

Mas vale observar algumas datas que são importantes para todos os investidores.

Assim, confira o calendário de datas dos dividendos:

  • Data Com: último dia para a aquisição da ação para, então, ter o direito ao recebimento do dividendo na próxima na data de pagamento
  • Data Ex: data em que o investidor recebe o direito de participar da repartição dos lucros da S/A
  • Data Pagamento: dia em que o acionista recebe o valor devido como remuneração

Como resgatar dividendos?

Você viu que existem datas específicas para que o investidor receba sua parcela do lucro líquido da S/A, certo?

Então, se o investidor seguir corretamente o calendário determinado, tendo direito à participação nos resultados daquele período, basta aguardar a data de pagamento.

Neste dia, o valor devido entrará na sua conta aberta junto a uma corretora de valores. 

Se o acionista for remunerado com outras ações, os papéis também entrarão na sua carteira de investimentos na data agendada.

Se você gostou do conteúdo, continue a descobrir mais sobre os principais termos do universo financeiro pesquisando no Dicionário Finantor.

Hirbis Girolli

Hirbis Girolli

Fundador da Plataforma Finantor

Comentários

    Artigos Relacionados