ANBIMA

Escrito por : <b>Hirbis Girolli</b>

Escrito por : Hirbis Girolli

A Anbima é uma importante entidade do sistema financeiro brasileiro. 

Criada em 2009, ela representa empresas e autorregula o mercado de finanças, informando e educando todos que dele fazem parte.

Se você trabalha ou pretende trabalhar em instituições como bancos, gestoras, corretoras e administradoras de investimentos, deve conhecer a Anbima.

Afinal, ela é a responsável pela emissão de importantes certificações para profissionais da área financeira – como CPA-10 e CPA-20.

E se já investe ou deseja investir em ativos do mercado financeiro, esse conhecimento é importante para conhecer as regras envolvidas e os mecanismos de proteção do seu patrimônio.

Siga a leitura para aprender mais sobre a Anbima!

E não deixe de ver: no final do texto, sempre que possível, fazemos um esforço para trazer analogias e metáforas que ajudam a resumir e a fixar melhor cada um dos termos do dicionário Finantor.

O que é ANBIMA?

ANBIMA é a sigla para Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais. 

A entidade reúne instituições financeiras com o objetivo de fortalecer o segmento.

Para isso, ela desenvolve variadas atividades em instrução, representação, autorregulação e educação na área de finanças.

Seus associados têm acesso a dados e estatísticas, fóruns e grupos consultivos, códigos e normas, além de certificações e cursos.

Todo esse trabalho da Anbima visa o fortalecimento das instituições e evolução do mercado.

Em 2009, ela surgiu da união de duas outras organizações: Associação Nacional das Instituições do Mercado Financeiro (Andima) e Associação Nacional dos Bancos de Investimento (Anbid).

Dessa forma, a Anbima soma mais de 40 anos de experiência no setor de finanças e capitais.

Como funciona a ANBIMA

A associação é autorreguladora. Ou seja, cria, estabelece e fiscaliza regras de mercado. 

Mas isso não quer dizer que ela não deve agir em concordância com o Sistema Financeiro Nacional (SFN).

Na hierarquia do SFN, a Anbima está ao lado de outras importantes instituições supervisoras e reguladoras, como Banco Central, Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e SUSEP.

Então, a associação estabelece boas práticas de mercado de acordo com as normas definidas pelo SFN. 

Dentre elas, a emissão de certificados para profissionais de finanças é uma das suas atribuições mais conhecidas.

Dúvidas importantes sobre ANBIMA

Ainda em dúvida sobre algumas questões sobre a Anbima? Pode ficar tranquilo, porque separamos outros esclarecimentos sobre a entidade.

O que é a certificação ANBIMA?

A Anbima emite certificações para profissionais e estudantes da área financeira. São diferentes certificados que comprovam o conhecimento técnico dos aprovados.

As mais conhecidas são:

  • CPA-10: Certificação Profissional – Série 10
  • CPA-20: Certificação Profissional – Série 20
  • CEA: Certificação de Especialista em Investimentos
  • CGA: Certificação de Gestores

Cada uma delas é destinada a um tipo de profissional que atuará em bancos, corretoras e outras instituições financeiras.

Então, quem deseja trabalhar no mercado de finanças e de capitais precisa ser aprovado pela Anbima. 

Como obter certificado ANBIMA?

Para ser certificado pela associação, o candidato deve se inscrever no site da Anbima e agendar a prova. Além disso, é necessário ler e seguir as regras do edital.

O tempo da avaliação depende do tipo de certificação, variando entre 2h e 3h30. 

Além disso, o candidato deve acertar ao menos 70% das questões – que vão de 50 a 70 por prova – para ser certificado.

Como saber se passei na ANBIMA?

Para saber se foi ou não aprovado, o candidato deve aguardar o recebimento de e-mail da instituição. 

A associação comunica o resultado de 5 a 15 dias, de acordo com o tipo de certificado.

Assim, se você fez a prova e quer saber se passou, fique de olho na sua caixa de e-mails. Mas, em caso de dúvidas, entre em contato diretamente com a Anbima e saiba o seu resultado.

Gostou do conteúdo? Então, você também vai gostar de ver as outras informações sobre o mercado financeiro que trabalhamos por aqui.

Dessa forma, para cuidar melhor do seu dinheiro e fazer escolhas financeiras mais acertadas, continue com as suas pesquisas no Dicionário Finantor.

Analogias e metáforas sobre a ANBIMA: o espelho que reflete o mercado e permite que ele se observe.

Você já percebeu que a ANBIMA é uma entidade que atua através do princípio da autorregulação.

Ao contrário da CVM, BACEN e SUSEP, que fazem parte do governo, a atuação da ANBIMA é definida pelas empresas que compõe o mercado financeiro com base em regras que ela (ou seja, o mercado) define.

Logo, é como um grande espelho onde o mercado se enxerga e estabelece parâmetros para si mesmo, de acordo com boas práticas que entende benéficas para todos os seus players.

O governo, por outro lado, a reconhece e delega a ela certas atividades normativas.

Uma das atividades que se destacam no âmbito da ANBIMA está relacionada com a certificação dos profissionais do mercado financeiro.

Através dos programas de certificação, a ANBIMA aplica exames que aferem o nível de proficiência técnica dos especialistas e gestores que irão atuar nos bancos, corretoras e administradoras de recursos, por exemplo.

Gostou do conteúdo? Esperamos que sim!

Então, continue a descobrir mais sobre os principais termos do universo financeiro pesquisando no Dicionário Finantor.

Hirbis Girolli

Hirbis Girolli

Fundador da Plataforma Finantor

Comentários

    Artigos Relacionados