Alíquota

Escrito por : <b>Hirbis Girolli</b>

Escrito por : Hirbis Girolli

Alíquotas estão mais presentes na sua vida do que você pode imaginar.

Seja na hora de declarar o Imposto de Renda, ao comprar produtos no supermercado ou mesmo ao definir onde e quanto investir, ela surge como elemento importante da base de cálculo.

Ou seja, tem tudo a ver com a saúde financeira do seu bolso.

Então preparamos um conteúdo para esclarecer tudo sobre a alíquota, seu funcionamento e aplicações práticas.

Acompanhe até o final e tire suas dúvidas!

E não perca: no final do texto, sempre respondemos algumas das perguntas mais importantes sobre cada termo do Dicionário Finantor.

O que é alíquota?

Alíquota é a porcentagem de um cálculo usada para definir qual será o valor final devido por uma pessoa física ou jurídica em impostos, taxas e contribuições.

Ela pode ser uma quantia fixa ou variável sobre determinado montante e é muito usada na determinação de tributos diversos a serem pagos.

Só para se ter uma ideia, no Brasil, existem múltiplas dezenas de impostos cobrados.

Entre os mais famosos, estão ICMS, IPTU, IPVA e IRPF – e cada um deles tem uma alíquota específica.

Por exemplo, se a alíquota do IPVA é de 5% e seu carro está avaliado em R$ 50.000, significa que vai pagar R$ 2.500 de imposto veicular.

Nem sempre o cálculo é tão simples assim, mas a ideia de uso da alíquota é a mesma.

Como funciona a alíquota

Como já adiantamos, o funcionamento da alíquota depende do imposto em questão.

Mas ela será sempre um percentual que integra a base do cálculo que revela o valor devido.

No caso do Imposto de Renda de Pessoa Física, por exemplo, a porcentagem varia entre 7,5% e 27,5%.

Já o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) tem uma base de cálculo diferente e que varia de estado para estado.

Nesse caso, a alíquota é cobrada em cima dos produtos, o que acaba impactando no preço final deles.

Dúvidas importantes sobre alíquota

Para que você tire todas as suas dúvidas sobre a alíquota, separamos três perguntas frequentes que podem ajudar nessa missão. 

Confira!

Quais são os tipos de alíquota?

Existem, basicamente, três tipos de alíquota: a fixa, a zero e a variável, sendo que a última ainda pode ser progressiva.

Explicamos melhor:

  • Fixa: aplicada a todos de forma igual, sem fatores que os diferencie, como no caso de impostos sobre bens
  • Zero: quando, por algum critério, a pessoa é isenta do pagamento da alíquota. É o que acontece, por exemplo, quando um indivíduo não atinge um determinado rendimento anual para fins de IRPF
  • Variável: muda de acordo com a base do cálculo, podendo ser progressiva (aumentando de maneira progressiva, segundo a referência). Exemplo: quando uma pessoa supera determinado rendimento anual no IRPF, a porcentagem varia conforme a renda.

Quais são as principais alíquotas de impostos federais?

Veja uma lista com os percentuais de algumas das principais alíquotas para impostos federais no Brasil:

  • IOF para compras fora do país: 6,38%
  • IPI: 6%, 22% ou 30%, conforme o código TIPI
  • IRPF: entre 7,5% e 27,5%, conforme os rendimentos
  • IRPJ: depende do modelo de tributação, mas gira em torno de 15% do lucro
  • COFINS: 3% para recolhimento cumulativo e em torno de 7,6% para não cumulativo
  • PIS: 0,65% para recolhimento cumulativo e em torno de 1,65% para não cumulativo
  • INSS: contribuição do empregado varia entre 7,5% e 14%.

Porém, é bom confirmar essas alíquotas nas páginas dos órgãos governamentais, pois alíquotas mudam, algumas vezes de um dia para o outro.

Como é a média dos valores das alíquotas para impostos estaduais?

Cada estado determina os valores para as alíquotas dos seus impostos, mas fizemos uma média para você ter uma ideia de quanto gasta com essas taxas:

  • ICMS: entre 17% e 18%
  • IPVA: de 1% a 4%
  • ITCMD: valor máximo de 8%.

As alíquotas fazem parte da sua rotina e interferem diretamente nas suas finanças.

No entanto, elas não são as únicas variáveis que merecem a sua atenção. 

Se você gostou do conteúdo, continue a descobrir mais sobre os principais termos do universo financeiro pesquisando no Dicionário Finantor.

Entender esses termos permite que você cuide melhor do seu planejamento financeiro. E com planejamento financeiro, a vida fica mais fácil.

Hirbis Girolli

Hirbis Girolli

Fundador da Plataforma Finantor

Comentários

    Artigos Relacionados